Gilberto Aparecido da Silva

De Clube Atletico Mineiro - Enciclopédia Galo Digital
Ir para: navegação, pesquisa
Gilberto Silva
8438076241_d972e395a2.jpg
Informações pessoais
Nome completo Gilberto Aparecido da Silva
Data de nasc. 7 de outubro de 1976 (41 anos)
Local de nasc. Lagoa da Prata-MG Bandeira de Minas Gerais.png, Brasil Brasil.png
Altura 1,85 m
Peso 74 kg
Apelido(s) Gilberto Silva
Informações profissionais
Clube atual Sem clube
Número 5
Posição Volante
Revelado por Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png América-MG (1997)
Princ. clubes Atlético, Seleção Brasileira, Arsenal e América Mineiro.
Total de jogos pelo Galo
Jogos 122
Gols 9
Estreia CAM 0 x 0 Grêmio-RS - 22/01/2000
Vitórias 61
Empates 28
Derrotas 33
Títulos Campeonatos Mineiros de 2000 e 2013
Copa Libertadores da América de 2013
Observações Participou dos 7 jogos da Sel. Brasileira
na Copa do Mundo de 2002
Assinatura
Assinatura Gilberto Silva.png
Atualizado em 8 de dezembro de 2013


Biografia

O início

Gilberto Aparecido da Silva, mais conhecido como Gilberto Silva, é um futebolista revelado nas categorias de base do América Mineiro. Natural de Lagoa da Prata, interior de Minas Gerais, viveu sua infância na cidade com seus pais e três irmãs. Aos doze anos de idade, iniciou sua carreira de futebol no América. Três anos mais tarde, precisou interromper sua passagem no clube, já que seu pai aposentara e sua mãe vivia com a saúde frágil. Retornou a cidade natal e trabalhou como operário, carpinteiro e até numa grande empresa de doces. Com salário médio de 150 reais, garantia o sustento da casa, mas ainda era pouco para os familiares. Ainda em Lagoa da Prata, retornou aos campos numa equipe local, mas sem ter o apoio financeiro do clube, não teve como prosseguir.

América

Aos 20 anos de idade, por insistência de amigos, retornou ao América e assinou um contrato como jogador profissional. Destaque no seu início do clube, foi considerado um dos melhores jogadores da equipe e participou da campanha do título do Campeonato Brasileiro Série B daquele ano. Nos dois anos seguintes, sempre esteve constante no meio-campo do time americano, mesmo com as fracas campanhas no Campeonato Brasileiro. Em 1999, foi vice-campeão mineiro após perder a decisão para o Atlético. Após o fim da temporada, o Atlético anunciou a contratação do jovem atleta para a disputa da Copa Libertadores da América de 2000.

Atlético

<flickr>10160452905|left|m|thumb|Gilberto Silva é apresentado na Sede de Lourdes.</flickr>

Sua estreia com a camisa alvinegra ocorreu no dia 22 de janeiro, no empate sem gols contra o Grêmio pela Liga Sul-Minas. O primeiro gol pelo Atlético ocorreu na goleada de 4 a 1 sobre o Ipatinga pelo estadual. No primeiro semestre, conquistou o Campeonato Mineiro após bater o Cruzeiro na decisão. Já no torneio continental, o Galo foi eliminado nas quartas-de-final para o Corinthians. No dia 11 de agosto, fez sua última partida na temporada. Após uma fratura na tíbia direita, ficou afastado dos gramados por 4 meses. Após realizar a pré-temporada, retornou ao time titular logo no primeiro jogo de 2001. Com pouco tempo no clube, já tinha caído nas graças da torcida e se firmava como o melhor volante do clube. O ano de 2001 seria o da afirmação do volante. No Galo, foi peça imprescindível no esquema de Levir Culpi pelo Campeonato Brasileiro. Dono da camisa 5 do Atlético, se destacou no torneio pelo ótimo posicionamento e desarmes, além do baixo número de faltas e cartões. O resultado foi a convocação para a Seleção Brasileira pelo técnico Luís Felipe Scolari. No dia 7 de novembro, fazia sua primeira partida oficial com a camisa amarelinha. Na ocasião, a Seleção foi derrotada por 3 a 1 para a Bolívia em jogo válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002. Mesmo com a eliminação do Atlético na semifinal do Brasileirão, o ano de 2001 terminava de forma especial para o jogador: conquistou o Troféu Guará de melhor volante e craque do ano no futebol mineiro, além da convocação para a Seleção Brasileira.

Em 2002, Gilberto Silva manteve o ótimo nível no meio-campo do Atlético e já era presença constante nas convocações de Felipão. Na lista divulgada para a Copa do Mundo, o jogador foi chamado e iniciava a partir daí uma briga para quem seria titular na posição. Dias antes do início da competição, o volante Emerson machucou sozinho em um treinamento e precisou ser cortado da delegação. Desta forma, abria-se caminho para o volante do Galo no time titular. Dono da camisa 8 amarelinha, Gilberto foi titular em todos os jogos do torneio e um dos principais destaques da equipe. Com 7 vitórias em 7 jogos, o Brasil tornava-se pentacampeão mundial no Japão e Coreia do Sul. Visado por grandes clubes, o volante sequer teve a oportunidade de entrar em campo novamente com a camisa do Galo. No dia 26 de julho daquele ano, o Arsenal da Inglaterra oficializava a contratação do jovem jogador do Atlético por cerca US$ 8,5 milhões[1]. Em 95 jogos com a camisa alvinegra, Gilberto Silva marcou 9 gols e conquistou um título estadual.

Arsenal

<flickr>10161063564|right|thumb|Gilberto Silva comemora primeiro gol com a camisa do Arsenal.</flickr>

Em sua chegada ao clube inglês, recusou vestir a camisa 6, que foi usado pela ídolo Tony Adams dos Gunners. O gesto foi visto com admiração pelos torcedores e o jogador optou em vestir a de número 19. No dia 11 de agosto daquele ano, fazia então sua estreia com a camisa do Arsenal. E não podia ser de forma melhor. Em jogo válido pela final da FA Community Shield contra o Liverpool, o jogador brasileiro entrou na segunda etapa e marcou o gol do título, garantindo o 11° título dos Gunners na competição. Com pouco tempo de clube, já era admirado pelos adeptos e se começou a se tornar titular indiscutível da equipe de Arsène Wenger dias depois. No dia 25 de setembro, marcou o gol mais rápido da história da UEFA Champions League até então. Foram necessários 20 segundos para balançar as redes do PSV. Vice-campeão da Premier League na temporada, o Arsenal garantiu pelo menos a conquista da FA Cup no primeiro semestre de 2003. Na ocasião, o time londrino venceu o Southampton por 1 a 0 e levou seu 9° título. A temporada de 2003/04 foi brilhante na história do Arsenal. Depois de 115 anos, o futebol inglês voltou a ter um campeão invicto. Em 38 jogos, foram 26 vitórias e 12 empates. De quebra, o clube teve o melhor ataque (73 gols marcados), a melhor defesa (26 gols sofridos) e o artilheiro da competição: 30 gols anotados pelo francês Thierry Henry. Na campanha, Gilberto participou de 32 das 38 partidas. Ao final da temporada, voltou a vencer a FA Community Shield. Na decisão, marcou um dos gols na vitória de 3 a 1 sobre o Manchester United. Poucos tempo depois do início da temporada 2004/05, o brasileiro começou a se queixar de dores nas costas. E no dia 27 de setembro de 2004 em uma partida contra o Bolton, um exame revelou uma fratura óssea na coluna do jogador[2][3]. A lesão, considerada séria pelos médicos do time inglês, poderia abreviar a carreira do atleta. Gilberto Silva voltou ao Brasil para o tratamento que deveria durar cerca de 3 meses, mas o próprio técnico Arsène Wenger confirmou em novembro que jogador precisaria de pelo menos mais quatro meses para retornar aos gramados[4].

Após um bom tempo se recuperando, Gilberto Silva voltou aos gramados no dia 15 de março de 2005 em jogo do time B do Arsenal contra o também time B do Chelsea e mostrou felicidade em atuar novamente. "Foi um momento especial. Pude começar jogando uma partida depois de tanto tempo e graças a Deus não senti nenhuma dor. Participei bastante do jogo, correndo, marcando, fazendo todos os movimentos e fiquei satisfeito com o meu desempenho. Agora está na hora de buscar meu lugar novamente na equipe titular do Arsenal.", disse o volante[5]. No dia 21 de maio daquele ano, ganharia seu último título com a camisa do Arsenal. Na decisão da FA Cup, vitória de 4 a 3 nos pênaltis sobre o Manchester United, após empate sem gols no tempo regulamentar. No fim da temporada, foi convocado para a Copa das Confederações pelo técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira. O torneio foi disputado na Alemanha e o Brasil passeou em território alemão. Na decisão contra a Argentina, goleada por 4 a 1 com direito a olé e samba. Com a camisa 17, Gilberto Silva atuou apenas no empate contra o Japão ainda na primeira fase. Com o início de mais uma temporada, Gilberto Silva foi escolhido como um líder do time em campo, após a saída de Patrick Vieira para a Juventus. Poucos dias depois, já realizava mais um feito com a camisa do time londrino. Na primeira partida oficial do Arsenal em seu novo estádio, o Emirates Stadium, Gilberto Silva marcou o primeiro gol no empate de 1 a 1 com o Aston Villa[6]. No dia 18 de outubro, vestiu a braçadeira de capitão do Arsenal pela primeira vez, na partida contra o Sparta Praga. Embora tenha terminado o campeonato nacional em 4° lugar, o clube chegou a decisão da UEFA Champions League. Na grande final disputada no estádio Wembley, os Gunners saíram na frente no placar, mas levaram a virada para o Barcelona, deixando escapar a chance de conquistar o título inédito na história do clube.

Convocado para a Copa do Mundo na Alemanha, Gilberto atuou em 4 jogos (todas como titular) da campanha discreta da Seleção Brasileira. Nas quartas-de-final do torneio, o gol de Thierry Henry colocou os franceses na fase seguinte da Copa e mandou o Brasil de volta pra casa. Em sua volta ao Arsenal, recebeu a incumbência de ser o capitão da equipe, após a saída de Sol Campbell e a aposentadoria de Dennis Bergkamp. Importante jogador no esquema tático de Arsène Wenger, Giba passou a se aventurar no ataque e até virou um dos cobradores de pênalti do time. Em 47 jogos na temporada, marcou 11 gols, sendo dois dele na vitória por 3 a 0 sobre o Tottenham[7]. O bom número de gols em apenas um ano se deu ao fato do artilheiro da equipe, Thierry Henry, estar lesionado.


Pelo clube inglês, atuou por 7 temporadas com a camisa 19 e em boa parte deste tempo, foi o capitão da equipe comandada por Arsène Wenger. Logo em sua estreia, marcou o gol do título da Copa da Inglaterra. No clube londrino, venceu 4 torneios, entre eles, o Campeonato Inglês de 2002/03 de forma invicta. No início de 2008, acertou sua transferência para o Panathinaikos, da Grécia[8]. Antes de chegar ao futebol grego, foi homenageado pelos Gunners[9]. Por lá, atuou em três temporadas e conquistou dois títulos de âmbito nacional. Próximo do fim do contrato, afirmou que deixaria o clube. No dia 23 de maio de 2011, o jogador foi anunciado como novo reforço do Grêmio[10][11][12]. No clube gaúcho, foi utilizado como defensor e formou dupla de zaga com o ex-atleticano Werley. Durante os 18 meses com a camiseta do tricolor, atuou em mais de 50 jogos e marcou 1 gol. No dia 10 de novembro de 2012, o presidente Alexandre Kalil confirmou a contratação do jogador para a temporada 2013. Esta será a segunda passagem de Gilberto Silva pelo Galo e é o 1° reforço para a disputa da Copa Libertadores da América.

Volta ao Galo

Em sua apresentação ao Atlético em sua segunda passagem, destacou sua experiência e o desafio de retornar ao clube. "Quando cheguei, era um jovem de 23 anos. Hoje, tenho 36. Muita coisa se passou, muito conquistei e chego consciente de que vim para um clube em que o time está montado. Mas tenho meus objetivos para buscar e o primeiro é ajudar da melhor forma que eu puder. Vou procurar fazer a minha parte, respeitando a todos que estão aqui, que são grandes profissionais e colocaram o Atlético em uma condição privilegiada. Então, é ajudar o grupo a conquistar os objetivos que todos nós temos", comentou o atleta[13].

Seleção Brasileira

Lista de jogos em Copas do Mundo

Ficha Técnica

Nome: Gilberto Aparecido da Silva
Posição: Volante
Data de Nascimento: 7 de outubro de 1976
Local: Lagoa da Prata-MG

Carreira

Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png América-MG - 1997/1999
Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Atlético - 1999/2002
Inglaterra.png Arsenal-ING - 2002/2008
Grécia.png Panathinaikos-GRE - 2008/2011
Brasil.png Bandeira do Rio Grande do Sul.png Grêmio-RS - 2011/2012
Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Atlético - 2013


Brasil.png Seleção Brasileira - 2001/2010

Multimídia

08/01/2013 - Apresentação de Gilberto Silva na Cidade do Galo:

11/05/2010 - Jogador visita a Cidade do Galo:

14/05/2010 - Perfil do jogador no Jornal Nacional:

11/12/2012 - Torcida recepciona a volta do jogador:

Partidas Disputadas

Ano 1999

Ano 2000

200017 - 05/04/2000 - Atlético 6 x 0 Cobreloa-CHI - Copa Libertadores da América

Ano 2001

200148 - 30/09/2001 - Goiás-GO 1 x 2 Atlético - Campeonato Brasileiro
200150 - 06/10/2001 - Cruzeiro-MG 2 x 2 Atlético - Campeonato Brasileiro

Ano 2002

Ano 2013

201301 - 03/02/2013 - Cruzeiro-MG 2 x 1 Atlético - Campeonato Mineiro
201302 - 06/02/2013 - Tombense-MG 1 x 2 Atlético - Campeonato Mineiro
201305 - 26/02/2013 - Arsenal-ARG 2 x 5 Atlético - Copa Libertadores da América
201306 - 03/03/2013 - Atlético 3 x 1 Guarani-MG - Campeonato Mineiro
201307 - 07/03/2013 - Atlético 2 x 1 The Strongest-BOL - Copa Libertadores da América
201309 - 17/03/2013 - Atlético 5 x 2 América-MG - Campeonato Mineiro
201312 - 31/03/2013 - Atlético 4 x 1 Tupi-MG - Campeonato Mineiro
201314 - 07/04/2013 - Atlético 4 x 0 Boa Esporte-MG - Campeonato Mineiro
201315 - 17/04/2013 - Caldense-MG 2 x 1 Atlético - Campeonato Mineiro
201318 - 27/04/2013 - Tombense-MG 0 x 2 Atlético - Campeonato Mineiro
201319 - 02/05/2013 - São Paulo-SP 1 x 2 Atlético - Copa Libertadores da América
201320 - 05/05/2013 - Atlético 5 x 1 Tombense-MG - Campeonato Mineiro Bola de Futebol.png
201321 - 08/05/2013 - Atlético 4 x 1 São Paulo-SP - Copa Libertadores da América
201322 - 12/05/2013 - Atlético 3 x 0 Cruzeiro-MG - Campeonato Mineiro
201323 - 19/05/2013 - Cruzeiro-MG 2 x 1 Atlético - Campeonato Mineiro
201324 - 23/05/2013 - Tijuana-MEX 2 x 2 Atlético - Copa Libertadores da América
201327 - 02/06/2013 - Atlético 0 x 0 São Paulo-SP - Campeonato Brasileiro
201328 - 05/06/2013 - Vasco-RJ 2 x 0 Atlético - Campeonato Brasileiro
201329 - 09/06/2013 - Atlético 2 x 0 Grêmio-RS - Campeonato Brasileiro
201330 - 12/06/2013 - Santos-SP 1 x 0 Atlético - Campeonato Brasileiro
201331 - 03/07/2013 - Newell's Old Boys-ARG 2 x 0 Atlético - Copa Libertadores da América
201333 - 10/07/2013 - Atlético 2 x 0 Newell's Old Boys-ARG - Copa Libertadores da América
201334 - 14/07/2013 - Corinthians-SP 0 x 1 Atlético - Campeonato Brasileiro
201337 - 28/07/2013 - Cruzeiro-MG 4 x 1 Atlético - Campeonato Brasileiro
201366 - 17/11/2013 - Portuguesa-SP 2 x 0 Atlético - Campeonato Brasileiro
201367 - 23/11/2013 - Atlético 4 x 1 Goiás-GO - Campeonato Brasileiro
201369 - 08/12/2013 - Atlético 2 x 2 Vitória-BA - Campeonato Brasileiro

Títulos

1997 - Brasil.png Campeonato Brasileiro Série B - América-MG
2000 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
2002 - Planeta.png Copa do Mundo - Seleção Brasileira
2003/04 - Inglaterra.png Campeonato Inglês - Arsenal-ING
2003 - Inglaterra.png Copa da Inglaterra - Arsenal-ING
2004 - Inglaterra.png Supercopa da Inglaterra - Arsenal-ING
2005 - Inglaterra.png Copa da Inglaterra - Arsenal-ING
2005 - Planeta.png Copa das Confederações - Seleção Brasileira
2007 - Conmebol Logo.png Copa América - Seleção Brasileira
2009 - Planeta.png Copa das Confederações - Seleção Brasileira
2009/10 - Grécia.png Campeonato Grego - Panathinaikos-GRE
2009/10 - Grécia.png Copa da Grécia - Panathinaikos-GRE
2013 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
2013 - Conmebol Logo.png Copa Libertadores da América - Atlético

Outros

2001 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Melhor volante do Troféu Guará - Atlético
2002 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Melhor volante do Troféu Guará - Atlético
2002 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Craque do ano do Troféu Guará - Atlético
2006 - Planeta.png 5° lugar Copa do Mundo - Seleção Brasileira

Referências