José do Monte Furtado Sobrinho

De Clube Atletico Mineiro - Enciclopédia Galo Digital
Ir para: navegação, pesquisa
  Algumas informações neste artigo ainda necessitam de ter as suas fontes verificadas. Caso tenha alguma dúvida, contate-nos através do e-mail: galo.digital@gmail.com


Zé do Monte
9629136349_da6b6b133a.jpg
Informações pessoais
Nome completo José do Monte Furtado Sobrinho
Data de nasc. 3 de agosto de 1927 (90 anos)
Local de nasc. Abaeté-MG Bandeira de Minas Gerais.png, Brasil Brasil.png
Data de morte 27 de junho de 1990
Local da morte São Paulo-SP Bandeira de São Paulo.png, Brasil Brasil.png
Apelido(s) Zé do Monte
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Último clube Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Atlético (1956)
Número 5
Posição Meio-campo
Revelado por Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Usina Esperança-MG (1942)
Princ. clubes Atlético
Total de jogos pelo Galo
Jogos 320
Gols 25
Estreia América-MG 1 x 2 CAM - 14/04/1946
Último jogo CAM 0 x 1 Sel. Brasileira - 25/03/1956
Vitórias 206
Empates 55
Derrotas 59
Títulos Campeonatos Mineiros de 1946, 1947,
1949, 1950, 1952, 1953, 1954 e 1955;
Campeão do Gelo em 1950
Atualizado em 3 de dezembro de 2010


Biografia

José do Monte Furtado Sobrinho, mais conhecido como Zé do Monte, foi um dos principais jogadores do Atlético atuando nas décadas de 40 e 50. Clássico e raçudo, Zé do Monte só entrava em campo com um galo debaixo do braço. Inicou sua carreira jogando pelo Usina Esperança, de Itabirito, em Minas Gerais. Sua grande chance veio, aos 15 anos de idade, num jogo contra o Meridional de Conselheiro Lafaiete. O Usina goleou o adversário por 4 a 0, graças ao exuberante futebol de Zé do Monte. Seu desempenho naquele jogo foi tão bom, que o então presidente do Fluminense quis levá-lo imediatamente para o Rio de Janeiro. O menino não aceitou e preferiu vir para o Galo que também o convidou. Zé do Monte comandou o Atlético em uma época de muitas glórias.

Foi com a chegada do técnico uruguaio Félix Magno ao Atlético que o jogador assimiu como titular absoluto da camisa 5, mesmo tendo idade para defender as categorias inferiores do Galo.

Durante dez anos, Zé do Monte foi um dos principais responsáveis pelas glórias do Galo, tornando-se o grande ídolo dos torcedores alvinegros de sua época. Capitão do time, Zé do Monte foi destituído de seu posto em 1953, numa excursão ao Pará. Proibido de tomar cerveja pelo então técnico Yustrich, que também ameaçava agredir o ponta-direita Lucas, Zé do Monte revolveu tomar providências. Ele, Lucas e Afonso procuraram o Presidente do Atlético e conseguiram a demissão do técnico.

No auge de seu futebol, foi assediado por vários clubes, porém declarava a todos: "Meu futebol é só para o Atlético." Dono de um futebol ritmado, mostrava-se preciso nos lançamentos e criativo no meio-campo, usando a cabeça e os pés com igual eficiência. Participou da vitoriosa excursão à Europa em 1950.

Após sua chegada da Excursão à Europa e famoso por toda a Belo Horizonte, Zé do Monte elegeu-se vereador na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Mas sua carreira durou pouco tempo. Não gostava de política e deu-se por satisfeito quando, o então Governador do Estado, Juscelino Kubitscheck, o contemplou com um grande cargo público. Contundiu o joelho durante uma pescaria, sua atividade favorita fora dos campos. Com os meniscos do joelho direito arrebentados, preferiu não operar e encerrou cedo sua carreira como jogador, aos 28 anos de idade, tornando-se arquiteto. Dizia-se que Zé do Monte admitia qualquer coisa - jogar sangrando, correr do começo ao fim de uma partida - exceto ser anestesiado. Há boatos que em 1957, o ex-jogador chegou a ser internado, preparando-se para a cirurgia. Mas resolveu ir embora do local. Neste momento, em sua fria determinação de parar, terminava uma carreira inigualável e se iniciava a lenda de um dos maiores gênios de raça que o Brasil conheceu. Faleceu na cidade de São Paulo em 27 de junho de 1990, de ataque cardíaco.

Ficha Técnica

Nome: José do Monte Furtado Sobrinho
Posição: Meio-campo
Data de Nascimento: 3 de agosto de 1927
Naturalidade: Abaeté-MG
Data de Falecimento: 27 de junho de 1990
Local: São Paulo-SP

Carreira

Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Usina Esperança-MG - ???
Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Atlético - 1946/1956

Partidas Disputadas

Ano 1950

195034 - 01/11/1950 - Munich 1860-ALE 3 x 4 Atlético - Campeonato do Gelo
195035 - 04/11/1950 - Hamburgo-ALE 0 x 4 Atlético - Campeonato do Gelo

Títulos

1946 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
1947 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
1949 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
1950 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
1950 - Bandeira da Europa.png Campeão do Gelo - Atlético
1952 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
1953 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
1954 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético
1955 - Brasil.png Bandeira de Minas Gerais.png Campeonato Mineiro - Atlético

Fonte

  • MURTA, Eduardo. Galo - Uma Paixão Centenária. Editora Gutemberg. 2007
  • Cadastro de Jogadores - Diretoria de Relações Públicas - Clube Atlético Mineiro