Cidade do Galo

De Clube Atletico Mineiro - Enciclopédia Galo Digital
Ir para: navegação, pesquisa

<flickr>10429775075|right|thumb|Vista aérea da Cidade do Galo.</flickr>

Introdução

A Cidade do Galo é um dos maiores e mais completos centros de treinamento e concentração da América do Sul. As modernas instalações colocam o Atlético no rol dos clubes com melhor infra-estrutura para futebol profissional e de base no mundo. O reconhecimento é tanto que, no mês de Junho de 2008, a Seleção Brasileira se concentrou no CT do Galo para o confronto contra a Argentina, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Em 21 de maio de 2010, o canal Sportv, em parceria com a Universidade Federal de Viçosa, divulgou extensa pesquisa científica a qual elegeu a Cidade do Galo como o melhor Centro de Treinamento do Brasil.

A História

O Centro de Treinamento do Galo teve sua história iniciada em 29 de dezembro de 1980 com a compra de uma área de 64.320 m² localizada em Vespasiano, Minas Gerais. Quatro anos depois, em 12 de dezembro de 1984, foi adquirida uma nova área anexa, perfazendo uma área total de 100.320 m².

A construção do primeiro campo teve início em 1982, com dimensões oficiais e sistema de drenagem perfeita, sendo construída e tendo mão-de-obra do próprio Atlético.

O acordo com a PRECON Industrial S/A de prestação de serviços com fornecimento e montagem de peças premoldadas de concreto foi firmado em 14 de janeiro de 1984 para:

a) Construção do prédio da concentração;
b) Da lavanderia, vestiário, almoxarifado;
c) Departamento Médico;
d) Galpão.

O contrato previa o pagamento, pelo Atlético, com publicidade em suas camisas de jogos, sendo a PRECON a segunda empresa a fazer publicidade nas camisas do Clube, ou seja, no período de 10/01/84 a 10/01/85.

Entrada principal da Cidade do Galo. Crédito: Bruno Cantini

Após 1985 e até 1998, pouca coisa foi feita no então Centro de Treinamento do Galo. Os campos eram usados eventualmente para treinamentos, ora do profissional ora do júnior, pois ainda eram utilizados os vestiários da Vila Olímpica pela falta de estrutura adequada do Centro, já que as obras estavam praticamente paralisadas, restringindo tão somente a conservação do gramado e de manutenções diversas.

Em 1997, com o advento do Vila Acqua Park e a consequente demolição do campo nº02, já se manifestava a intenção de transferência das atividades do futebol da Vila Olímpica para o Centro de Treinamento. Nesta ocasião, pequenos investimentos foram realizados através da Construtora Épora, parceira do Clube no empreendimento Vila Acqua Park.

Em 1999, o Atlético passou a priorizar o Centro de Treinamento como local de treinamento dos atletas profissionais, tendo realizado obras nos vestiáriosinacabados para atletas e Departamento Médico. Neste mesmo ano, deixou de treinar na Vila Olímpica e passou a utilizar as instalações do Centro de Treinamento.

A partir de 2001, as obras tomaram grande vulto. Foram feitos grandes investimentos na construção de novo prédio para os atletas profissionais (Hotel para concentrações) e mais um cmapo, também de dimensões oficiais. Dois outros campos para as divisões de base além da readaptação do antigo prédio em premoldado da PRECON (inacabado), agora destinado ao futebol amador. Em agosto de 2005, todas as divisões do futebol amador, foram transferidas e alojadas nas modernas instalações inauguradas. Nesta fase da transferência houve a colaboração da Associação Amigos do Galo.

Em 03 de outubro de 2006, num jogo contra o Guarani de Campinas, houve a primeira concentração dos atletas profissionais já no novo e moderno Hotel, saíndo definitivamente de hotéis particulares. Na data de 12 de novembro de 2006, foi realizada, oficialmente, a inauguração com a presença da diretoria, imprensa, autoridades e convidados.

Em 11 de dezembro de 2006, o Presidente do Clube, Dr. Ricardo Annes Guimarães, efetuou uma doação ao Clube incorporando uma nova área contínua de 144.459,64 m², destinada a construção de mais campos de treinamentos e outras instalações, antes negociada pelo Clube em data de 28 de novembro de 2002, através de contrato de compra e venda, totalizando uma área, até os dias atuais, de 244.779,64 m².

Em 2007 e 2008, outros melhoramentos foram realizados pelo Clube, culminando em Julho de 2008 com a vinda da Seleção Brasileira de Futebol para o jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, contra a Seleção da Argentina, no Mineirão, tendo toda a delegação da Confederação Brasileira ficado hospedada e utilizando as instalações para os treinamentos.

Nesta ocasião, muitos elogios foram feitos por todos. Tanto imprensa brasileira como a estrangeira não economizaram os elogios e comparações com os outros clubes brasileiros e internacionais. A CIDADE DO GALO, nome surgido por volta de 2004/2005 e com o registro da marca concedido pelo INPI em 26 de dezembro de 2007, foi divulgada, por imagem, escrita e falada, para todo o Brasil e exterior, tornado-se definitivamente conhecida.

Apesar de tudo isto, ainda temos projetos de sua ampliação com a construção de mais três campos para treinamentos na sua nova área de 144.000,00 m², além de um pequeno estádio para as divisões de base do Clube.

Linha do tempo

  • 1980 - Compra do terreno de 64.320 m².
  • 1982 - Início da construção do primeiro campo.
  • 1984 - Aquisição de nova área anexa com 36 mil m², totalizando 100.320 m².
  • 1996 - Início das obras do vestiário do time profissional, sala da comissão técnica, sala de imprensa e sala do departamento médico.
  • 1999 - Começo da utilização do centro de treinamento pelo time profissional.
  • 2001/2003 - Início da construção de mais três campos e do hotel do time profissional. Modernização da academia, vestiário e sala de imprensa. Readaptação do hotel das categorias de base.
  • 2005 - Passa a abrigar todas as categorias de base.
  • 2006 - Inauguração do hotel da equipe profissional. Incorporação de nova área com 144.459 m².
  • 2007 - Inauguração da Ala de Intercâmbio no hotel das categorias de base e reformulação do departamento médico, academia e refeitório das categorias de base.
  • 2009 - Construção do novo centro de fisiologia.
  • 2014 - Hospedagem da Seleção Argentina para a Copa do Mundo FIFA.

Estrutura

Área do Terreno: 244.460m²
Àrea Construída: 5.850m²

Profissional

Fachada do hotel da Cidade do Galo.
Crédito: Emmerson Maurílio

A estrutura é formada por quatro campos de tamanho oficial, vestiários, academia completa e toda a infra-estrutura para os departamentos médico, de fisiologia e fisioterapia, além de um hotel cinco estrelas para concentração da equipe profissional que conta com 20 apartamentos completos e refeitório, cozinha, salão de jogos, auditório, sala de televisão e um deck de madeira com vista panorâmica.

A Cidade do Galo tem, ainda, sala de Raio-X, equipamento para ultra-sonografia, Consultório dentário, sala de musculação com equipamentos de última geração, piscina aquecida, tanque de gelo, caixa de areia, lavanderia e Sala de Imprensa com vista privilegiada para um dos campos de treinamento.

No início de 2010, o Atlético inaugurou um avançado centro de fisiologia, com equipamentos de última geração como, por exemplo, o aparelho para teste isocinético, um dinamômetro que mede o equilíbrio de força entre os membros e as musculaturas posterior e anterior.

A nova sala de fisiologia conta, ainda, com o Sistema de Ergoespirometria, um aparelho que mede o consumo de oxigênio para determinar a capacidade aeróbica do atleta, e o Reflotron, um analisador de parâmetros bioquímicos para controle do desgaste causado pelo treinamento, que permite maior controle na prevenção de lesões.

Meio Ambiente

A Cidade do Galo é ecologicamente correta. O Atlético foi o primeiro clube do Brasil a adotar o sistema de alimentação de energia à base de aquecimento solar e gás natural. O sistema cobre todos os chuveiros e piscinas dos departamentos de futebol profissional e de base. Outro diferencial ecológico do centro de treinamento e concentração do Atlético é o sistema automático de irrigação, que elimina o desperdício de água no processo.

Categorias de Base

Área de convivência das categorias de base.
Crédito: Emmerson Maurílio

Além de toda a infra-estrutura para a equipe profissional, a Cidade do Galo oferece excelentes condições para as categorias de base do Clube. Cerca de 90 jovens atletas moram em um hotel que conta com 19 apartamentos quádruplos e 12 apartamentos triplos (Ala para Intercâmbio), todos com banheiro, armário, TV e varanda. O hotel possui, ainda, moderna academia, refeitório, sala de pedagogia, biblioteca, salão de jogos, auditório e lan house, além de completa infra-estrutura para os departamentos médico, de fisioterapia e odontológico. O Atlético também já está trabalhando na construção de mais quatro campos na Cidade do Galo.

No dia 24 de outubro de 2007, o hotel da base foi ampliado com a construção da Ala Torcedor-Colaborador, que abrigará delegações estrangeiras através do Programa de Intercâmbio e foi construída com recursos do Projeto Torcedor-Colaborador. O hotel das categorias de base tem, ainda, refeitório, sala de pedagogia, biblioteca, salão de jogos e uma lan house com 12 estações de trabalho.

Multimídia

<youtube250>K1IJg4wcC7M</youtube250>

<youtube250>czvURdlyyqY</youtube250>

21/05/2010: Matéria do Sportv sobre os melhores CT's do Brasil: <youtube250>H8wrjhw7IYk</youtube250>

2010/11 - Vídeo institucional da Cidade do Galo: <youtube250>Rsd_8luknxk</youtube250>

Visões externas

  • Carlos Capuchetti, chefe da segurança Argentina nas Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014: “É um lugar ideal por sua localização, comodidade e luminosidade. Os jogadores vão dos quartos ao treinamento, se sentem tão cômodos como no prédio da AFA em Ezeiza. Concentrar em um hotel, fechado, com gente por todo lado eles, se sentem mais presos. Aqui estão focados em um objetivo, como não vi em outras Copas”.[1].
  • Aldo Rebelo, ministro de Esportes de 2011 a 2014: "Tenho certeza de que a delegação argentina ficará no melhor centro de treinamento do Brasil. Disporá de tudo que de melhor um centro de treinamento pode oferecer, conforto, segurança, privacidade e todos os serviços necessários para o desempenho de um time de futebol e sua comissão técnica".[2].
  • Carlos Alberto Parreira, ex-técnico de futebol: "Quando fui técnico da África do Sul, visitei muitos clubes da Europa, da Inglaterra precisamente, e vi pouca coisa igual a isso aqui. Fico orgulhoso, satisfeito e feliz de ver que, nesse aspecto, o Brasil está muito bem representado para a Copa do Mundo. Quem vier vai ver um centro de treinamento de primeiro mundo, de excelência. Não tenho a menor dúvida de dizer que qualquer seleção vai se sentir muito bem aqui".[3].
  • Vanessa Riche, apresentadora do canal Sportv: "Uma coisa é você ouvir falar nos jornais e outra é você entrar na Cidade do Galo e realmente estou muito impressionada porque é uma estrutura que não vi em nenhum clube e que impressiona. É um trabalho fantástico, nos mínimos detalhes. Estou me sentindo em hotel 5 estrelas na Cidade do Galo. Passei a tarde conhecendo o CT. Parabéns presidente Alexandre Kalil."[4].
  • Christopher Hunt, editor da revista americana Sports Ilustrated: "É tudo muito bonito e bem organizado, a sala de musculação, os hotéis, enfim, uma estrutura muito boa. Estou usando essa visita para conhecer as instalações visando à Copa do Mundo de 2014, quando a equipe da revista estará aqui no Brasil para fazer a cobertura do Mundial.[5].
  • Toninho Cerezo, ex-jogador e um dos maiores ídolos da história do Galo: "Aqui está maravilhoso. O centro de treinamento está, realmente, muito bonito e o Atlético está de parabéns."[6].
  • Robert, ex-meia do Atlético: "É a primeira vez que venho o Atlético desde 1999. A estrutura é espetacular. O Atlético está de parabéns. Agora a gente sabe como o Atlético foi campeão da Libertadores. Tem todo um trabalho por trás, uma grande estrutura."[7].
  • Victor, goleiro e ídolo atual do Atlético: "Eu fiquei impressionado com a estrutura do Atlético, com o que ele proporciona para os seus atletas. Realmente, nunca tinha visto isso em nenhum lugar, é algo de primeiro mundo. Com certeza, isso reflete diretamente no rendimento do atleta, dentro de campo. Estou muito contente e animado com o que pude ver na Cidade do Galo."[8].
  • Ronaldinho Gaúcho, perguntado sobre o quanto a Cidade do Galo foi importante para sua conquista de Bola de Ouro da Revista Placar: "Toda a diferença. Temos as melhores condições para trabalhar, fazer uma boa preparação, ter vontade de treinar, num bom centro de treinamento, num bom campo. Tudo isso influencia muito no resultado final. Quando recebo um prêmio como esse [Bola de Ouro] e paro para analisar o porquê disso, penso em todos esses detalhes que o Atlético me ofereceu."[9].
  • Alejandro Sabella, técnico da Seleção Argentina na Copa do Mundo de 2014: "Sempre nos diziam que a Cidade do Galo era um dos melhores CTs do Brasil, então não tivemos dúvida e escolhemos aqui.[10].

Localização

MG 424, km 21, Vespasiano, MG

Referências

  1. Cidade do Galo se transformou em trunfo da Argentina, finalista da Copa do Mundo, acesso em 14 de abril de 2015.
  2. Ministro do Esporte se impressiona em visita à Cidade do Galo, acesso em 14 de abril de 2015.
  3. Carlos Alberto Parreira se impressiona com a Cidade do Galo, acesso em 14 de abril de 2015.
  4. Apresentadora do Sportv se impressiona com a Cidade do Galo, acesso em 14 de abril de 2015.
  5. Editor da Sports Ilustrated elogia a Cidade do Galo, acesso em 14 de abril de 2015.
  6. Toninho Cerezo visita a Cidade do Galo, acesso em 14 de abril de 2015.
  7. Destaque do Atlético em 1999, Robert se impressiona com a Cidade do Galo, acesso em 14 de abril de 2015.
  8. Victor: "Estou impressionado com a estrutura da Cidade do Galo", acesso em 14 de abril de 2015.
  9. Ronaldinho espeta Flamengo e elege CT do Atlético como motor de seu renascimento: “Dá gosto de treinar”, acesso em 14 de abril de 2015.
  10. Sabella visita Cidade do Galo e faz elogios, acesso em 14 de abril de 2015.